Dias nublados e frios

carta-em-branco_dias-nublados-e-frios

Leia ouvindo – Collide, Howie Day

Hoje eu acordei com um pouco de saudade. Dias nublados e frios me deixavam assim, nostálgica. Passei a mão pelo espaço vazio do seu lado da cama, respirei fundo e me levantei. Não iria adiantar ficar ali, lembrando de nós o dia inteiro. Sabe, parece idiota falar isso agora, mas em dias nublados eu penso em como nós poderíamos ter dado certo. Como poderíamos ter conquistado tantas coisas juntos.

Em dias assim, eu me lembro de quantas vezes eu disse o que eu sentia por você. Me lembro de como nós ficávamos abraços e conversando sobre o futuro. Que ingênuos nós fomos por pensar em um futuro que nunca chegou. Quantas vezes peguei meu diário e escrevi sobre nós, sobre o que estava acontecendo de errado e certo. Ah, se em cada uma delas eu tivesse tido a coragem de falar tudo o que eu pensava.

Em momentos como esse, eu vejo que talvez nunca tenha sido o momento apropriado para estarmos juntos. Por mais que eu pense como tudo poderia ter dado certo, também penso em tudo o que deu errado. Foram erros atrás de erros. Brigas atrás de brigas. Desilusões atrás de desilusões. E tudo começou de um jeito errado, você sabe bem.

Eu criei na minha cabeça uma vida perfeita para nós e no fundo, você também criou. Mas tudo isso só aconteceu para esconder o desastre que éramos juntos. E talvez fosse culpa dos nossos signos que não eram compatíveis. Talvez fosse culpa de outros amores que vivemos antes e que nos deixaram tão machucados. Ou talvez, só não fosse para dar certo mesmo. A vida tem dessas coisas, quando não é para dar certo, não dá. E não adianta tentar.

Em dias nublados e frios como esse, eu fico pensando em nós. Fico olhando pra rua, esperando você chegar e dizer que tudo não passou de um pesadelo, enquanto me abraça e diz que nunca mais vai embora. Em dias nublados e frios como esse, eu tenho saudades de você. Mas não se preocupe, esse sentimento passa. Antes, ele vinha todos os dias, mas agora são apenas em dias como esse, nublados e frios.

—–

por Agnes Martins Follow my blog with Bloglovin

Anúncios

DIA 02 – Se não fosse assim, não seríamos nós

Se não fosse assim, não seríamos nós

Leia ouvindo – Singular, Anavitória

Ontem foi um dia tão bom. Nós saímos, nos divertimos e nos conhecemos ainda mais. E enquanto observo você dormir, começo a pensar como duas pessoas tão diferentes e complexas conseguiram se completar tanto.

Lembro do dia em que nos conhecemos. Foi no meu aniversário, você lembra? Estávamos todos no bar, eu com os meus amigos e você com os seus. Música alta, gente bebendo. A barulheira das conversas eram silenciadas pela sua risada. Nós já tínhamos trocado olhares, mas só isso aconteceu durante a noite inteira. Até que fui pagar a conta, você estava lá no caixa, com aquele sorriso de tirar o fôlego.

Não lembro qual o assunto, mas naquele dia trocamos nossos números e, a partir daí, começamos a trocar mensagens e mais mensagens. Primeiro encontro, segundo encontro, até que começamos a namorar. E, desde então, cada dia tem sido uma nova descoberta. Eu ainda não acredito que encontrei alguém que ri das minhas piadas idiotas e que sempre percebe quando eu não quero conversar. E quando isso acontece, você só me abraça, como se quisesse me proteger de tudo que está ali, fora do seu abraço.

Enquanto observo você dormir, vejo quanta coisa já aconteceu desde o dia que nos conhecemos. De uma maneira tão singular, formamos um plural. Nós. E quando você acordar sei que teremos mais um dia para nós conhecermos melhor.

E se não fosse assim, não seríamos nós.

por Agnes Martins Follow my blog with Bloglovin

bannerbeda20163

BEDA – Antes tarde do que nunca

Carta em Branco_BEDA

Semana passada – enquanto passeava pelos blogs que eu gosto – conheci um projeto bem legal, o BEDA– Blog Every Day in August. Para quem não conhece, a proposta do BEDA é que durante todo o mês de agosto (ou abril) blogueiras e blogueiros realizem novas postagens todos os dias.

A proposta do desafio é estimular a criatividade, e também, ajudar várias blogueiras a se organizarem e criarem pautas variadas para serem publicadas durante o mês inteiro. Além do BEDA, também temos o VEDA – Vlog Every Day in August (April), que é a versão para o YouTube, em que vários vlogueiros fazem postagens diariamente.

Li um pouco sobre como funcionava o projeto e decidi me lançar nesse desafio (tô oito dias atrasadas, mas vamos lá!). O meu objetivo é conseguir postar todos os dias do mês. (Sim, haja assunto!)

Espero que vocês nos acompanhem nessa jornada! Durante os próximos dias, além dos textos, vamos falar sobre diversos assuntos, como livros, séries, filmes, entre outros.

Aguardem as novidades!

Beijos,
Agnes Martins

bannerbeda20163